Por esses dias aqui na nossa região circulou uma postagem no Facebook questionando algumas coisas referentes a Energisa, a concessionária de energia elétrica. Especificamente, sobre valores cobrados como impostos, serviço de transmissão, etc. Em todo o Brasil a conta de energia é sempre bem cara por termos um sistema defasado e com custo elevado, que é repassado para o consumidor.

Mas isso está prestes a mudar: https://economia.uol.com.br/noticias/reuters/2019/11/05/bolsonaro-assina-projeto-de-lei-sobre-privatizacao-da-eletrobras.htm

Na notícia acima publicada no UOL você pode ler que o governo federal pretende privatizar a Eletrobras (bem como diversas outras empresas estatais) e o resultado disso será economia no nosso bolso.

Como?

Apesar das opiniões contrárias a privatização sempre traz diversos benefícios:

  • Abertura do mercado para a concorrência
  • Melhoria na eficiência dos processos
  • Otimização do quadro de colaboradores e consequente redução de custos
  • Incentivo a inovação (devido a concorrência)

É claro que a economia na conta de energia não irá aparecer da noite pro dia. O mercado de energia elétrica brasileiro é bastante complexo, fechado e com regras arcaicas e resolver todos os problemas levaria anos, talvez décadas.

E outro passo importante que precisaria ser dado é acabar com o sistema de concessionárias, permitindo a livre iniciativa no fornecimento de energia e a concorrência livre entre empresas. Assim como você pode hoje escolher qual provedor de internet quer usar em sua casa.